PONTO DE VISTA
Dr. Ademir Junior
Protetores solares para cabelo, eles realmente funcionam?
por: Dr. Ademir Júnior*

Usar protetor solar é hábito de muitos. A grande maioria das pessoas tem conhecimento de que deixar a pele mais protegida do sol é o método mais eficiente para evitar o envelhecimento precoce, manchas e até mesmo o câncer de pele. Porém, nos últimos anos, uma nova medida de proteção contra radiações UV solares tem sido divulgada pelas empresas de cosméticos com o objetivo de evitar danos, neste caso os  capilares.

Há quem se pergunte se realmente produtos de proteção solar para cabelos podem ser interessantes. Minha opinião é a de que realmente são. Os cabelos são reconhecidamente danificados pelas radiações solares, sofrendo com isto a desidratação, a perda da qualidade, o envelhecimento dos cabelos e o desbotamento de sua cor natural ou proveniente de colorações.
Se engana quem pensa que irá encontrar índices de proteção solar nos produtos capilares que apresentam esta qualidade. Quando um produto para pele tem em seu rótulo índices como proteção solar 2, 8, 20, 60, passam a idéia de menor ou maior proteção por conta da pele poder sofrer danos solares severos em curtos períodos de tempo. No caso dos cabelos as lesões são mais gradativas e nem sempre se pode avaliar o dano provocado pelas mesmas da forma que se avaliam os causados pelas radiações solares cutâneas.

Os ingredientes de proteção solar normalmente são incluidos em xampus, condicionadores ou produtos sem enxague. Apesar de terem sido desenvolvidos para uma excelente adesão aos fios de cabelo não sou muito favorável a confiar em protetores solares em xampus e condicionadores. Isto porque, uma vez que são produtos enxaguados após o uso é certo que muito da proteção que poderiam fornecer irá se perder.
Sou mais favorável aos produtos com protetor solar que não tenham enxague. Estes sim acabam proporcionando uma proteção solar mais efetiva. Uma vez que ficam nos cabelos o seu efeito também será mais duradouro.

Vale lembrar, mesmo assim, que produtos como estes devem ser reaplicados após sair da água do mar ou a piscina. Fica claro que nestas situações muito da ação destes produtos poderá ser perdida por conta da água colaborar com a eliminação dos ingredientes de proteção que estavam sobre os fios.
Para concluir, a aposta em produtos com proteção solar é interessante, válida e deverá, assim como os protetores para a pele, fazer parte dos hábitos de verão de grande parte da população em pouco tempo.

Dr Ademir Júnior – Tricologia (Medicina Capilar)
www.ademirjr.com.br – Tel (11) 3864-3967 / (11) 9495-4159
Veja também as outras matérias do Dr. Ademir Júnior:
Ampolas de tratamentos capilares com força total
Caspa - Um problema maior do que parece
Médico Tricologista lança livro sobre como vencer a queda capilar
Uma questão de hidratação
Por que devo usar reparador de pontas?
Rosácea - Um problema de pele que se agrava no inverno
O segredo do tratamento da calvície
Mitos e verdades sobre calvície masculina
Cabelos e couro cabeludo tratados com óleos essenciais
Os cabelos envelhecem mesmo
Especialista lança Blog sobre Medicina Capilar
É possível interromper o envelhecimento da pele?
O Cabelo Deles
12 ótimas dicas para quem não quer danificar os cabelos no verão
Mulheres e o desconforto da perda capilar
Efetividade e rapidez nos resultados dos tratamentos para queda capilar
Orientações para quem está com os cabelos danificados
Pele hidratada no inverno, é possível?
10 Maneiras de manter o bronzeado após o verão
Os Perigos do Bronzeamento
A Avançada Tricologia Ortomolecular
Protetores solares para cabelo, eles realmente funcionam?
Poluição, radicais livres e calvície
Inverno é aliado dos tratamentos estéticos
Como cuidar da pele após o verão
Você destruiu o seu cabelo no verão. E agora, o que fazer?
10 Dicas para quem tem acne no verão
Dr. Ademir Júnior
Vantagens de se usar uma boa tintura capilar e cuidados com os cabelos

Guia Salão Brasil é uma marca registrada e seu proprietário tem todos os direitos reservados.
O Guia Salão Brasil tem seu conteúdo destinado aos profissionais cabeleireiros, manicures, maquiadores, podólogos, esteticistas, dermatologistas, visagistas e ao público interessado em beleza e estética.
O conteúdo das matérias é de inteira responsabilidade dos respectivos anunciantes.